Open Bar

Publicidade Pop Calçados




        TODA LINHA DE CALÇADOS FEMININOS, MASCULINOS E INFANTIL !!!










 
NAS COMPRAS ACIMA DE 50 REAIS CONCORRA A ESTÁ BELISSÍMA MOTO 0 KM!!!
 

 
Rua Dutra de Andrade. Fone 053 32481365

Publi Cidade - Bazar L&B


VENHA CONFERIR NOSSAS MAIS NOVAS NOVIDADES PARA O NATAL!!!
 






Na Rodoviária
Com diversas Opções de presentes!
Acessórios
Artigos Adulto e Infantil
Toda linha de perfumaria








Tudo isso para melhor atender seus clientes da cidade e do interior
Visite-nos
Avenida Protásio Alves, 970 - Sala 4
Fone (53) 32481567
Estação Rodoviária de Pinheiro Machado


ABRACES recebe verba do Judiciário para compra de pandeiros, calças e camisetas



Nesta semana a Associação Brasileira de Capoeira Contemporânea Enigma das Senzalas (ABRACES), de Pinheiro Machado que tem como presidente o jovem Agamenon Achiles Gonçalves Vieira, conhecido popularmente por “Mestre Bafo”, divulgou na rede social documento comprovando a liberação de verbas do Judiciário pinheirense para a mesma. 

No total, foram repassados para a ABRACES o valor de R$ 2.370,00 que serão destinados para a aquisição de 02 pandeiros, 60 calças e 60 camisetas. Cabe destacar que esta verba destinada para a ABRACES é referente aos valores depositados a títulos de penas alternativas. 

“Mais uma conquista para esta criançada de Pinheiro Machado. Quando se corre atrás se consegue”, destacou Agamenon.

Arco assina parceria com Associação para Desenvolvimento Sustentável do Alto Camaquã


do Alto Camaquã
Dirigentes da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco) e da Associação para o Desenvolvimento Sustentável do Alto Camaquã (Adac) reuniram-se, na semana passada, para tratar sobre parcerias que beneficiarão os produtores dos municípios que integram o Alto Camaquã. Na oportunidade, um contrato de comodato, que fornecerá duas tosquiadeiras à Adac, foi assinado entre as entidades parcerias. 

Essa e outras ações que serão desenvolvidas junto à associação faz parte do Programa de Desenvolvimento da Ovinocultura Gaúcha, que é realizado pela Arco em parceria com a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa). O programa prevê a distribuição, em comodato, de 35 tosquiadeiras a entidades ligadas a produtores de diversas regiões do Estado. 

Segundo o assessor técnico da Seapa, Edegar Franco, que está atuando junto à Arco no desenvolvimento das ações do programa, além do contrato de comodato, um termo de cooperação será assinado entre as entidades durante a 31ª Feovelha, que acontece entre os dias 28 de janeiro e 1° de fevereiro, em Pinheiro Machado. “Com o termo, a Arco passará a apoiar todas as ações da associação voltadas à qualificação da ovinocultura nos municípios integrantes da Adac”, afirma. 

O assessor explica também, que, a partir dessa parceria, a associação do Alto Camaquã, que é um projeto desenvolvido pela Embrapa Pecuária Sul, cujo responsável é o pesquisador Marcos Borba, criará comparsas de esquila, a fim de gerar mão de obra qualificada para o método Tally Hi. “Com o comodato das tosquiadeiras e a parceria com o Senar/RS, que fornecerá os cursos (instrutor e certificados), os criadores dessas regiões poderão, antes da esquila, coletar a amostra de lã para a análise da micronagem na Arco, esquilar, e, posteriormente, comercializar a lã do rebanho de acordo com a micronagem”, comenta Franco. 

A reunião, que aconteceu na sede da Arco, em Bagé, contou com a presença, além de Franco, do presidente da entidade brasileira, Paulo Afonso Schwab, do tesoureiro, Paulo Sérgio Soares, do presidente da Adac, Mateus Garcia, e do pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Marcos Borba.  

Assistência técnica 

Outra importante ação que a Arco quer desenvolver junto aos criadores de rebanhos ovinos é assistência técnica. Para isso, a entidade já garantiu seu cadastro no Sistema Informatizado de Assistência Técnica e Extensão Rural – Siater do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que permite que a associação participe de concorrências em editais que visem à assistência técnica a pequenos produtores de ovinos de diferentes regiões do país, bem como no sistema de credenciamento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que atenderá criadores com rebanhos maiores. “Através disso, poderemos proporcionar um trabalho completo de auxílio aos criadores para a qualificação e crescimento de seus rebanhos”, diz Franco.

Humor das 11


Cachorro Sumido

Uma loira estava chorando muito, uma morena que passava por perto vê a cena e pergunta:
— O que foi, porque chora tanto?
A loira aos soluços diz:
— Meu cachorrinho sumiu.
A morena querendo ajudar pergunta:
— Porque você não coloca um anúncio no jornal?
A loira olhou bem para a morena e falou:
— Não coloco porque não vai adiantar nada, ele não sabe ler.

Metade dos municípios deixarão contas para pagar em 2015


Pesquisa da Famurs revela que 46% das prefeituras encerrarão o ano com pendências financeiras. Vinte e dois municípios atrasarão as folhas de pagamento dos funcionários. Todos os prefeitos pagarão o 13º salário do funcionalismo.
 
Os prefeitos do Rio Grande do Sul enfrentam, novamente, dificuldades para fechar as contas no final do ano. Uma pesquisa elaborada pela Famurs entre os dias 1º e 15 de dezembro revela que 46% dos municípios gaúchos deixarão pendências financeiras para 2015. Entre os passivos está o atraso nas folhas de pagamento: 22 prefeituras não quitarão os salários do funcionalismo em dia. Conforme o presidente da Famurs, Seger Menegaz, o resultado do estudo reflete a situação de crise dos municípios. Para o também prefeito de Tapejara, esse cenário deve-se à queda na arrecadação estadual e nos repasses federais às prefeituras. “Este será mais um ano que teremos dificuldades para cumprir nossos compromissos”, lamentou Menegaz, durante entrevista coletiva, nesta quarta-feira (17/12), na sede da Federação.
 
De acordo com o levantamento da Famurs, todos os municípios pagarão o 13º dos funcionários, porém dois a cada cinco têm dívidas com fornecedores. As prefeituras também deixarão pendências na contribuição previdenciária dos servidores e no pagamento das contas de serviços gerais como água, luz e telefone. “Vivemos uma situação preocupante nos municípios com o aumento das responsabilidades municipais sem a devida contrapartida de recursos”, alertou o dirigente da entidade. A crise já obrigou 103 municípios a trabalharem em turno único – boa parte deles desde junho deste ano. A economia com a redução da jornada alcança até 20% das despesas normais das prefeituras.
 
Ciente dessa dificuldade, a Famurs apresentou uma relação com 10 metas para 2015. Desoneração das compras municipais, atualização da Lei das Licitações e fim da cedência de servidores municipais são três grandes pleitos municipalistas que a entidade defenderá a partir de janeiro. Entre os outros temas que já estavam na pauta municipalista, mas ainda não tiveram resultado, estão o pagamento dos recursos da Consulta Popular, a ampliação dos repasses ao transporte público escolar, a conclusão das ligações nos 65 municípios gaúchos que ainda não possuem nenhum acesso asfáltico, a regularização dos repasses estaduais para a saúde, o fim da transferência de policias do interior, o repasse das taxas ambientais e a criação de assento à Famurs no Conselho Estadual de Cultura.
 
Na ocasião, o presidente Menegaz ainda ressaltou as conquistas obtidas pela entidade nos seus seis primeiros meses de gestão. Ao todo, foram oito propostas com êxito municipalista junto aos governos estadual e federal: o aumento em 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), a definição de novas competências municipais para emissão de licenças ambientais a empreendimentos, o fim da isenção de IPI para automóveis, a flexibilização da Lei Kiss, a aprovação de emenda orçamentária para a assistência social e a publicação do Decreto Estadual de Emergência para municípios atingidos pela chuva. A Federação também trata como vitória a economia interna de R$ 1 milhão até o final da gestão, que servirá para fazer frente a ações trabalhistas.
 
Como a crise dos municípios afeta a população
 
O crescente aumento das responsabilidades municipais só agrava a situação já delicada das prefeituras. Em 2014, os municípios gaúchos acumularam prejuízo de R$ 581 milhões devido à queda nos repasses do FPM e na arrecadação do ICMS. “É preciso esclarecer que essa situação não é consequência de má gestão ou falta de planejamento das prefeituras, mas de superestimativas feitas pelos governos estadual e federal”, esclareceu Menegaz. Como resultado da retração econômica, 90% das prefeituras gaúchas fizeram economia para reduzir despesas e cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.
 
O principal indicativo dessa contenção orçamentária é a realização de turno único, adotado por pelo menos 25% das prefeituras. “É uma medida drástica que nós não gostaríamos de tomar porque afeta o atendimento à população, mas para cumprir as nossas obrigações tivemos que fazer”, justificou o prefeito de Boqueirão do Leão, Luiz Augusto Schmidt. O procedimento também atinge grandes cidades como Bagé, Bento Gonçalves, Camaquã, Lajeado, Santa Cruz do Sul, São Borja e Venâncio Aires.
 
Outra solução encontrada foi a diminuição de gastos com funcionários. Um quarto dos municípios reduziu salários, demitiu servidores de cargos de confiança (CC's) e cortou o pagamento de funções gratificadas. No município de Cândido Godói, a prefeitura teve que suspender a nomeação de concursados. Em São Luiz Gonzaga, aconteceram demissões de estagiários. Em São José do Herval, o corte de despesas começou ainda em janeiro. “Já prevíamos que o final de ano seria muito complicado”, ressaltou o prefeito Ademar Zanella.
 
Mais drástica foi a alternativa encontrada por um terço das cidades do Rio Grande do Sul, que precisaram suspender serviços públicos. O mais comum foi o setor de obras. Carlos Barbosa e Ivoti adiaram o início e a conclusão de serviços na cidade. Na mesma situação, Nova Palma estuda a concessão de férias coletivas para pedreiros e outros funcionários do setor, já que não há recursos para investir.

A saúde também é uma área que sofre com a crise dos municípios. A prefeitura de David Canabarro foi obrigada a reduzir a verba para a compra de medicamentos. Em Casca, Gramado dos Lourei
ros e Mato Castelhano, houve restrição na oferta de exames especializados de média e alta complexidade. A mesma situação se repete em Tupanciretã, onde foi necessária a suspensão temporária na realização desses procedimentos. Em Gentil, o transporte de pacientes com veículos da prefeitura está prejudicado. “Preciso nomear novos agentes de saúde, mas não tenho como fazer”, lamentou o prefeito de Colinas, Gilberto Keller.
 
Redução na compra de materiais de escritório, economia de combustível e energia elétrica, corte de linhas telefônicas e cancelamento de serviços de consultoria também são exemplos de medidas emergenciais adotadas por 73% dos municípios. Sete entre dez prefeituras cortaram horas extras e diárias. Em Alegria, por exemplo, a prefeitura cortou todos os pagamentos de horas extras. Em Agudo, houve redução de 50% no valor das diárias. Também houve restrição de viagens e cursos de servidores em 75% das cidades. Do total, 45% dos municípios cortaram verbas de publicidade e 38% realizaram contingenciamento orçamentário, que é a readequação das contas.
 
Entre outras medidas, destacam-se ainda as adotadas por Arroio do Sal, Crissiumal, Ijuí e Muçum, que protestam em cartório para realizar a cobrança de dívida ativa. Em Capivari do Sul, o município solicita em juízo a definição sobre imunidade tributária da EGR. Em Cerro Grande, o município adotou um sistema diário de controle de receitas e despesas. Já Erechim implementou uma comissão permanente de planejamento contábil.
 
Segue a lista dos 22 municípios que atrasarão a folha de pagamento de dezembro: Alegria, Barracão, Bom Progresso, Caiçara, Ciríaco, Coronel Bicaco, Formigueiro, Fortaleza dos Valos, Ivorá, Jaboticaba, Maçambará, Mariano Moro, Pedras Altas, Restinga Sêca, Rolante, São Pedro das Missões, São Valentim, São Vicente do Sul, Sertão, Tapera, Três Arroios e Três Forquilhas.

Vereador Jaime Lucas pede melhorias no Bairro Vila Nova


 
O vereador JAIME LUCAS, foi procurado novamente pelos moradores de nossa cidade, agora são pessoas próximas ao bairro Vila Nova, ao final da rua Tiradentes, pois o mal cheiro tomou conta de toda uma extensão da rua, os esgotos estão a céu aberto com acúmulo de fezes a amostra e outros resíduos, podendo com isso causar doenças, pois a proliferação de bactérias está sendo inevitável, como estão mostrando as fotos abaixo.

 

O vereador pede com a máxima urgência que nosso executivo, juntamente com a secretária de Obras tome as providências cabíveis, e entra hoje nesta casa com um “PEDIDO DE PROVIDÊNCIA”.

André Kisuco E Rogério Moura Anunciam Em Plenário 63 Mil Para A Praça De Esportes De Pinheiro Machado


 
Na terça (16) em sessão ordinária os vereadores socialistas André Kisuco e Rogério Moura disseram que receberam pela parte da manhã a confirmação, feita pelo prefeito municipal José Felipe da Feira, em reunião na prefeitura, de que o Judiciário assinou com prefeitura municipal, uma parceria, e tal acerto resultará no destino de R$ 63 mil para a Praça de Esportes de Pinheiro Machado. 

“Esperamos assim, como reivindicação de todos vereadores, que a Praça de Esportes receba melhorias. Vamos aguardar, e torcer para que estes recursos sejam direcionados para esta pracinha”, destacaram. 

Cabe destacar que este dinheiro é proveniente de multas, e será revertido para o lazer e bem estar dos pinheirenses.

Região lidera produção nacional de lã


A Produção da Pecuária Municipal - PPM 2013, pesquisa divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) traça uma radiografia da produção do campo no País. Municípios da região da Campanha e da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul figuram no ranking nacional. Bagé está entre os 20 municípios com o maior número de equinos, num total de 17.371.
A Rainha da Fronteira também figura entre os maiores produtores de ovinos, com 110.104 animais. Também aparecem entre os 20 municípios, Santana do Livramento, com 445.123 ovinos, Dom Pedrito com 160.847 e Lavras do Sul, com 151.048 animais.
Na produção de bovinos, do Rio Grande do Sul, apenas Alegrete aparece entre os maiores produtores, com 633.821 cabeças.
O destaque para vários municípios da região fica por conta da produção de lã. Santana do Livramento aparece em primeiro lugar no ranking, seguido por Alegrete, Uruguaiana, Rosário do Sul, Dom Pedrito, Quaraí, São Gabriel,
Lavras do Sul, Pinheiro Machado, Bagé, Piratini, Pedras Altas, Herval, Santana da Boa Vista, São Borja, Bossoroca, Santiago, Encruzilhada do Sul e Jaguarão.
Retração
Em relação aos dados de 2012, Bagé apresentou queda na produção de lã e diminui o número de ovinos em 5.799 cabeças. No que diz respeito ao número de equinos o resultado foi positivo, o município passou de 14.219 cabeças para 17.371.
Panorama nacional
Ao todo, 2.618 municípios apresentaram informações sobre algum dos produtos da aquicultura, em todas as 27 Unidades da Federação. O valor total da produção foi de R$ 3,1 bilhões. A pesquisa traz informações sobre os efetivos dos rebanhos bovino, suíno, caprino, ovino, bubalino e equino, galináceos e codornas, quantidade e valor dos produtos de origem animal, como ovos, mel e leite, bem como número de vacas ordenhadas e de ovinos tosquiados para o Brasil, grandes regiões, Unidades da Federação e municípios produtores.

Eleições para diretoria da Associação Integrada dos Estudantes acontece no sábado (20)


Leandro Bandeira que já esteve a frente da Associação
Acontece no próximo sábado (20) às 18hrs na Câmara de Vereadores a eleição para eleger a nova diretoria da Associação Integrada dos Estudantes de Pinheiro Machado.

Na ocasião será repassado o que sobrou de Passe Livre para os que são beneficiários e que tiveram sobras da primeira parcela. Aos que se recadastraram no programa, será repassado o valor integral da segunda parcela. O valor somente será entregue nesta data. 

Bruno Silveira, o atual presidente esteve na frente da Associação durante um semestre, onde sempre esteve pronto para resolver a reivindicações dos integrantes, nesse curto período Bruno conseguiu quitar a dívida que Associação tinha com a empresa Estrela Sul, colocar o projeto Passe Livre em andamento e também mudou a forma de pagamento para boletos bancários deixando a Associação mais organizada. 

“Em primeiro lugar gostaria de agradecer a todos os associados pelo apoio que recebi neste período que estive a frente da Associação foi gratificante e um aprendizado sem igual. Pedir desculpas pelas falhas. Estou de saída por motivos profissionais, mas levo comigo boas lembrança Continuarei viajando e ajudando no que for possível”, disse Bruno. 

A chapa concorrente tem como presidente Leandro Bandeira que já esteve a frente da Associação em 2013 e no primeiro semestre de 2014, em sua gestão sempre procurou beneficiar a todos os estudantes, mantendo a entidade com as finanças organizada. “Peço o apoio de todos no sábado”, completou Leandro. 

A composição da chapa tem pessoas já experientes no que cabe há ser trabalhado no dia a dia da Associação. 
Chapa 01 
Presidente: Leandro Bandeira de Bandeira. 
Vice-Presidente: Agnes Vargas. 
1º Secretário: Bruno Silveira. 
2º Secretário: Gisieli Melo. 
1º Tesoureiro: Ederson Moreira. 
2º Tesoureiro: Andréia Lopes Peraça.

Vereador Fábio Dias pede providências quanto ao pagamento de agentes Comunitários de Saúde


 
VEREADOR FÁBIO F. DIAS PEDE PROVIDÊNCIAS QUANTO AO PAGAMENTO DO 14º SALÁRIO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE.
O Vereador Fábio Ferreira Dias do PDT em proposição apresentada na reunião da câmara de vereadores desta terça-feira dia 16 de dezembro solicitou ao Poder Executivo Municipal que seja pago o 14º salário dos agentes comunitários de saúde o mais urgente possível.

Pedras Altas pode atrasar a folha de pagamento


Pedras Altas é única representante da região na lista de 22 prefeituras gaúchas que devem atrasar a folha de pagamento de dezembro.
A relação foi divulgada ontem, pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs).
A pesquisa sustenta que 40% das prefeituras devem encerrar o ano com pendências financeiras, seja na contribuição previdenciária dos servidores ou no pagamento das contas de serviços gerais, como água, luz e telefone. A Federação, no entanto, afirma que todos os prefeitos pagarão o 13º salário do funcionalismo.
Em 2014, ainda segundo a Famurs, os municípios gaúchos acumularam prejuízo de R$ 581 milhões, devido à queda dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e na arrecadação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Publicidade Ótica da Sandra












Confira nossa Promoção de verão com 30% de desconto no pagamento avista em Óculos solares e Semi  Jóias.
 
Então corra e aproveite está  promoção que  expira em 31 de dezembro de 2014
 

 




                                      RUA : NICO DE OLIVEIRA 904,  FONE:3248 16 31

Publicidade Jorginho Motos



                                             CONFIRA NOSSAS OFERTAS!!!





                            OFERTA PARA O FINAL DE SEMANA!!!
 
 

                                                             



MOTO BROSS 2011 IMPECÁVEL


CONFIRA TAMBÉM:


XTZ 125  2007
FAN 125 KS 2007
YBR 125  2004
YBR 125 K 2006
TODAY 125 92
CBX 200 2000
TITAN 125 98
NXR BROS 2004
SKINERAY 200 RACING

E MAIS TODA LINHA HONDA 0 KM A PRONTA ENTREGA.

 

 

André Kisuco diz que apoio aos jovens dá resultado



Na manhã de terça-feira (16), o vereador socialista André Kisuco recebeu em seu gabinete o jovem esportista Alex Sander. 

Na oportunidade o vereador ficou sabendo que o jovem está dando um enorme passo em busca de seu sonho de ser um atleta profissional de basquete. O jovem explicou que em 2015 estudará em uma das melhores escolas do Estado, CEAT (Colégio Evangélico Alberto Torres) e jogará Basquete na Equipe Bira de Lajeado. 

O jovem agradeceu o vereador pelo apoio incondicional, sempre acreditando no potencial dos jovens pinheirenses no Esporte. 

Já o vereador ficou muito feliz com o gesto do jovem “Me sinto muito feliz com gestos deste tipo, onde vejo que meu esforço em ajudar os jovens tem resultado. Espero que o jovem siga vencendo os obstáculos que lhe são colocados pela frente, e que em breve figure no cenário nacional da modalidade. Desejo a ele e a sua família muito sucesso pois sei que esta família unida vai longe”, declarou Kisuco.

Humor das 11


Biquíni Minúsculo

Um menino e uma menina na praia. Certa hora, passa uma mulher com o biquíni minúsculo. A menina comenta:
— Você viu o tamanho do biquíni daquela moça?
E o menino:
— Não. Eu só olhei a parte onde não tinha biquíni!

Despedida das turmas 301 e 302 do Colégio Hipólito Ribeiro


No dia 12 de dezembro, no Clube Comercial aconteceu a cerimônia de despedida da turma 301 do Colégio Hipólito Ribeiro, ocasião em que os alunos comemoraram a conclusão do Ensino Médio Politécnico.







 


No dia 13 de dezembro, no Salão da Licon aconteceu a cerimônia de despedida da turma 302 do Colégio Hipólito Ribeiro, ocasião em que os alunos comemoraram a conclusão do Ensino Médio Politécnico.